Saiba quem foi Nabucodonosor II

Os reinados de civilizações antigas apresentam histórias de encher os olhos e curiosidades bem interessantes. Uma das narrativas mais curiosas que podem se encontrar é sobre o reino Babilônico, mais especificamente do Rei Nabucodonosor II – não confundir como o Nabucodonosor 1 -, uma das personalidades mais importantes da história antiga, possuindo, até mesmo, diversas referências sobre ele na bíblia.

Com isso, hoje, iremos apresentar diversas informações e curiosidades que você pode nunca ter escutado sobre o reinado de Nabucodonosor II , além do curioso significado em torno do seu nome.

Quem foi Nabucodonosor II

O Imperador Nabucodonosor II foi o mais importante e poderoso imperador do reino Babilônico, se mantendo no poder durante, nada mais, nada menos, que 43 anos. Durante seu governo, Babilônia teve uma incrível expansão, se tornando um poderoso império da época antiga. Nabucodonosor seguiu os passos do pai, já que era filho do fundador da Babilônia, e também anterior rei do império, o rei Nabopolassar.

A expansão durante o seu império foi tão grande, que ele foi responsável pela conquista de Jerusalém e exílio dos israelitas durante muitos anos.

Nabucodonosor II é contemplado como o rei que reergueu o império Babilônico, por conta da morte do seu pai, que levou a sérios problemas ao reino durante a época. Suas principais características durante seu reinado foram suas centenas de estratégias e seu ego inflado, sendo considerado um rei com muita soberba.

Apesar do jeito egocêntrico, arrogante e superior aos demais, Nabucodonosor II era devoto a Deus, o considerando o rei acima de todos, dizendo que seu poder era pra exaltar os seus próximos e atacar quem era contra ele.

O reino Babilônico durante o reinado de Nabucodonosor II evoluiu muito sobre a fortificação militar, construções e maravilhas visuais, que deixavam os territórios conquistados lindos, já que a beleza era uma das prioridades do rei.

Referências na bíblia ao Nabucodonosor II

As principais referências na bíblia ao rei Nabucodonosor II são os detalhes da sua conquista ao reino de Judá, principalmente quando levou nobres de lá para Babilônia, como o Daniel, e transformando rei Jeoaquim em seu vassalo.

Além disso, a bíblia representa algumas informações sobre a expansão do império babilônico diante do território de Jerusalém, e como foi que o Nabucodonosor governou o território, levando pessoas da sua confiança até lá.

Diante dos contos presentes na bíblia, a construção da imagem de Nabucodonosor II era de um homem violento, ganancioso, muito rico e que pouco se importava com os mais necessitados da Babilônia, os deixando muitas vezes para traz. Ainda no livro, é citado que como se Deus tivesse utilizado o imperador Nabucodonosor II para punir os povos e nações que mereciam. Por isso, muitos o denominam como um mandado e servo de Deus.

Principais feitos

Alguns dos principais feitos do Nabucodonosor durante seu reino no império babilônico foram:

  • Conquista do Reino de Judá
  • Construção dos Jardins Suspensos da Babilônia e da Torre de Babel
  • Conquista de parte da Cicília, Fenícia e Síria
  • Construção de muralhas em torto da Babilônia
  • Reformas e reconstrução de importantes templos
  • Embelezamento das cidades dominadas pelo império babilônico em sua expansão
  • Reconstrução da avenida do Cortejo

 

Morte de Nabucodonosor II

Pouco se sabe dos últimos passos e feitos de Nabucodonosor II durante seu reino, porém, afirma-se que ele morreu no século 5 a.C. , com idade próxima aos 65 anos.

 

Significado de Nabucodonosor

Uma curiosidade interessante e que muitos não sabem, é que Nabucodonosor era codinome utilizado por vários reis babilônicos, porém, o II é o mais relembrado por ter sido o mais importante do império.

Existem diversos tipos de significados em torno do termo, porém, boa parte dos especialistas afirma que Nabucodonosor significa Nabo, protetor das fronteiras, ou até mesmo, Nabo, protetor da coroa.

O Misterioso Triângulo das bermudas

Como surgiu o coliseu de Roma